YouTube


Visite o Canal Estudando Línguas e Temas Diversos (Powered Leco) e assista nossas videoaulas




quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Obtendo conhecimento



Nesta aula vamos procurar compreender o que é conhecimento, ou seja, aquilo que resultará de nossa leitura rápida.

Vamos analisar este texto:

No século passado, os chamados recursos à disposição da sociedade eram capital, trabalho, maquinário e terra.
Atualmente, todos esses recursos foram superados pelo conhecimento.
Vivemos na era do conhecimento.
Os especialistas dizem que ele é a principal moeda ou recurso do nosso século.
Por outro lado, afirmam que a leitura é a principal fonte disponível para a aquisição desse conhecimento.

A maneira mais fácil de obter conhecimento em maior quantidade é através da leitura de livros, jornais, revistas, etc.

Naturalmente, o conhecimento não é obtido, exclusivamente pela leitura - ele é obtido também pela observação, mas certamente é através dela que se pode obter conhecimento pronto em maior quantidade e rapidez.

Do ponto de vista fenomenológico, o conhecimento pode ser explicado da seguinte forma:

Existe, inicialmente, um sujeito e um objeto diferentes um do outro, sendo que estes partilham uma relação – o conhecimento.
Este sujeito apenas é sujeito para este objeto e este objeto apenas é objeto para este sujeito, estes estão ligados por uma estreita relação, condicionando-se reciprocamente (correlação).
A relação que sujeito e objeto partilham é dupla mas não reversível, isto é, os papéis de sujeito e objeto não são intermutáveis, a sua função é, portanto, diferente.
Nesta relação a função do sujeito é apreender o objeto e a função do objeto é a de ser apreendido pelo sujeito.
Para que o sujeito possa conhecer, este tem que se transcender, entrando na esfera do objeto, onde capta as características do objeto e as faz entrar na sua própria esfera.
O sujeito apenas tem noção do que apreendeu quando reentra em si.
O sujeito sai deste processo modificado, dado que com ele traz apenas uma representação mental – imagem – do objeto, em tudo igual ao objeto em si.

Veja o diagrama do conhecimento.


A definição clássica de conhecimento, originada em Platão,
diz que conhecimento consiste numa crença verdadeira e justificada.

Portanto, a partir de agora, vai nos interessar desenvolver a habilidade de ler um texto, de adquirirmos conhecimento (crenças verdadeiras e justificadas), ou seja:

Simplesmente olhando um texto qualquer, você deverá ser capaz de saber se ele lhe será útil e se ele agregará conhecimento à sua bagagem intelectual.

Observe que nem sempre o conhecimento que adquirimos é útil imediatamente; de um modo geral, ele fica gravado em nossa mente e é recuperado em algum momento de nossa existência, quando se torna necessário.

Na próxima aula, vamos estudar as estrutura do livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas de Livros Digitais

Estudando Línguas e Temas Diversos

Livros.myht.org - Útimas Noticias