YouTube


Visite o Canal Estudando Línguas e Temas Diversos (Powered Leco) e assista nossas videoaulas




quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Técnicas de Leitura



Ler bem e com rapidez, algumas vezes, é chamado também de Leitura Dinâmica.

Aqui, nosso objetivo será:

Aumentar a velocidade de leitura mantendo o mesmo padrão de conhecimento, ou seja, não proveitoso aumentarmos a velocidade e deixar de entender (compreender) aquilo que está sendo lido, o objeto da leitura.

Se isso acontecer, nós não estaremos ampliando nosso conhecimento, que como vimos nas aulas anteriores, é o nosso sonho de consumo.

Vejamos, primeiramente, o que é leitura:

A leitura, que é um testemunho oral da palavra escrita de diversos idiomas, com a invenção da imprensa, tornou-se uma atividade extremamente importante para a civilização, atendendo múltiplas finalidades.
A leitura é um processo que consiste na movimentação dos olhos percorrendo as palavras, que em seguida são fotografadas e transformadas em imagens para depois serem traduzidas em ideias pela nossa mente.

Portanto, devemos inicialmente nos preocupar em aperfeiçoar o movimento dos olhos, sem nos deter na compreensão do que está sendo lido.

Num processo de leitura convencional, você lê sílaba por sílaba e sua velocidade fica limitada à velocidade da fala.

Neste processo convencional, o tempo de leitura fica aumentado pelas paradas, na tentativa de compreensão de cada sílaba e isto não nos interessa.

Nosso objetivo será reconhecer as palavras como um todo, como uma imagem, como um ideiograma (do grego - ideia + caracter, letra) é um símbolo gráfico utilizado para representar uma palavra ou conceito abstrato).

Assim, nosso cérebro se habituará a identificar palavras e frases em velocidades bem maiores do que aquela velocidade-limite, atingida pela velocidade de fala.

Veja este exemplo:

Eu/ vou/ a/pren/der/ a/ ler /ra/pi/da/men/te.

Se você ler este texto sem as paradas, a velocidade de leitura aumentará sensivelmente:

Eu vou aprender a ler rapidamente.

Perceba agora, esquematicamente, as diferenças usuais entre o leitor lento e o leitor dinâmico:

1. Os leitores lentos captam algumas sílabas por fixação, parando com muita frequência; o leitor dinâmico capta varias sílabas por fixação, diminuindo consideravelmente a quantidade dos pontos de fixação consumindo menos tempo em cada pausa.

4. O leitor dinâmico consegue efetuar saltos de olho e movimentos de retorno com uma velocidade bem maior do que o leitor lento.

5. O leitor lento se desconcentra com facilidade e lê de forma passiva, enquanto o dinâmico é concentrado, crítico e lê de forma ativa.

6. O leitor lento lê em voz alta ou repete mentalmente o material lido, enquanto o dinâmico incorpora diretamente a informação, sem nenhuma repetição do material lido.

Lembre-se que, segundo Mortimer, as normas de leitura ativa são:

Achar e interpretar as palavras-chaves do livro;

 Descobrir as frases importantes e compreender seu significado (início e fim dos capítulos).

Tudo isso, você deverá fazer mentalmente, pois se parar para fazer anotações, não haverá avanço.

Bom, já sabemos o que é leitura, o que é leitura convencional e o que é leitura dinâmica e muito mais.

Nas próximas aulas, vamos saber como poderemos nos tornar leitores ativos e dinâmicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas de Livros Digitais

Estudando Línguas e Temas Diversos

Livros.myht.org - Útimas Noticias